Mam Móveis

Dicas e truques para salão de beleza e cabeleireiro

Mveis para salo de beleza

Estou pronto para abrir um salão de beleza?

| 4 Comentários

É necessário um investimento constante em áreas muito concorridas, como estética e beleza para ganhar destaque e garantir a qualidade dos profissionais, equipamentos e serviços prestados pelo salão. Atualmente, os juros ficaram mais “camaradas” e o dinheiro para financiamentos no Brasil aumentou, o que incentiva a procura por linhas de crédito, ocasionando a criação de novos salões e reformas em estabelecimentos em operação. Segundo os especialistas, é necessário prestar atenção para não ter problemas no futuro, porque dificilmente um banco financiará todo o capital, pois não é função da instituição assumir o risco comercial do negócio e será cobrado as parcelas e juros pelo atraso.

É importante ter em mente a expectativa de geração de caixa para comparar com a taxa de juros e assim saber se é possível arcar com a dívida. O ideal para novos negócios, é que apenas 20% do faturamento mensal seja comprometido com a dívida. Antes de optar por uma linha de crédito, analise cada opção, levando em consideração os juros, as exigências e o tempo de liberação do dinheiro. Os salões pequenos, com investimento de R$ 10 mil, podem pedir auxílio ao Banco do Povo, que conta com uma das menores taxas do mercado. Em 2010, 60% dos 29 mil empréstimos foram dirigidos aos informais, e desses, 15% ligados à área de beleza, sendo boa parte destinado a reformas e compra de móveis para salão de beleza.

Quem tem direito a crédito para abrir um salão de beleza?

Em tese, qualquer pessoa pode fazer um financiamento. O que deve ser levado em consideração são as exigências do agente financiador, prazos para liberação do empréstimo e as garantias pedidas. No caso do Banco do Povo, até mesmo os empreendedores informais e o microempreendedor individual podem ser contemplados.

Quais documentos são necessários para iniciar o processo de crédito?

Se o empréstimo for solicitado por pessoa física, os bancos solicitam comprovante de renda, de residência, CPF, RG, além do plano de negócios. No caso de uma empresa já constituída, pede-se a documentação dos sócios, o contrato social, cartão CNPJ, declaração dos últimos faturamentos mensais, além de garantias que variam de acordo com a instituição.

Como os autônomos podem comprovar renda?

Cada instituição exige um tipo de comprovante. Mas, em geral, o autônomo pode apresentar a declaração do imposto de renda, extratos bancários e recolhimento do INSS.

É preciso ter avalista ou dar imóvel como garantia?

Como o número de linhas de crédito do mercado é grande, muitas delas não exigem garantias. Mas quando partimos para linhas com juros menores para investimentos de longo prazo, normalmente, o volume de exigências é maior. Se o empreendedor financia um bem, geralmente ele é a garantia da operação, mas também é muito comum a instituição exigir avalistas ou garantias reais como imóveis, por exemplo. Já o Banco do Povo não estabelece comprovação de renda e patrimônio. Basta que na primeira solicitação de empréstimo a pessoa apresente um avalista, que assinará documento assumindo que é capaz de pagar a dívida. Fiador e empreendedor, porém, não podem ter nome sujo na praça.

Como os juros são calculados?

Os dois métodos mais usados são a Tabela Price e o Sistema de Amortização Constante. Na Tabela Price, as parcelas são iguais, embora nas primeiras haja uma proporção maior de juros embutidos, que diminuem ao longo do tempo. No Sistema de Amortização Constante, o valor principal do empréstimo é dividido em parcelas, sendo que o valor das prestações é decrescente, já que os juros diminuem a cada mês.

Qual o melhor tipo de empréstimo?

Aquele com taxas baixas de juros e valores que o empreendedor possa suportar. Isso varia de acordo com o fluxo de caixa de sua empresa e a previsão no plano de negócios.

Em que prazo a dívida deve ser quitada?

Varia de caso para caso. É importante que esse prazo se enquadre no planejamento feito para a abertura do negócio. No caso do Banco do Povo, os empréstimos para pessoa física devem ser quitados em, no máximo, dois anos, e para pessoa jurídica em até três anos.

Se pagar com atraso, em quanto tempo o nome será enviado ao SPC?

A maioria dos bancos inclui o nome nos cadastros de devedores a partir do 30º dia de atraso. Mas esse prazo pode variar de acordo com o credor.

O que acontece se não conseguir pagar?

O empresário ficará com restrição de crédito no mercado até regularizar a situação. Dependendo do contrato, pode perder bens e garantias oferecidas na transação.

Quem já tem um salão quitado pode pedir empréstimo para montar outro na mesma cidade?

Não há nenhum tipo de restrição para novo financiamento.

Quanto comprometer da renda?

O ideal é que as prestações não ultrapassem 20% do valor do faturamento bruto mensal do negócio. É importante planejar para saber o preço das parcelas que poderá suportar.

O que fazer para saber o momento de empreender?

Só o empreendedor pode responder a essa pergunta. Em primeiro lugar, ele precisa ver se adotará um perfil conservador ou arrojado. Se optar pelo primeiro, deve acumular recursos antes de recorrer a financiamentos. Quando tiver a maior parte da verba e um plano de negócios consistente, poderá financiar para completar o volume necessário para o projeto. No segundo caso, pode ir direto ao banco.

Como o empreendedor deve avaliar os prazos?

Em primeiro lugar, ele tem que saber se vai dar conta de cumprir com o pagamento durante todo aquele período e, principalmente, quais as reais chances de executar o plano de negócios conforme o previsto.

Fonte

Compartilhe:
Facebook Twitter Delicious Email

Autor: Bruno

Fique por dentro de dicas e truques para salão de beleza

4 Comments

  1. gostei das dicas !!!!!

  2. lembrando tbm que o valor que o banco do povo libera varia muito de cidade para cidade…no interior de SP o valor maximo é de R$ 3.000,00.

  3. Adorei as dicas… estou pensando em abrir um salão ainda este ano, estava meio insegura, mas agora estou mais certa do que eu quero. espero que dê tudo certo…

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.